Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O sorriso da maestrina

por Nuno Saraiva, em 18.06.09
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=7yaXHVyRTi4]

Esta música é um "episódio" do bailado quebra-nozes. Se ouvirem bem, é dos momentos mais conseguidos da música clássica e da obra de Tchaikovsky em particular.

O que este vídeo tem de diferente? O sorriso de Yanna Talpis, a maestrina. Não é comum haver maestras. O sorriso de satisfação por tudo estar a sair bem, no melhor momento da música, gera um momento "audiovisual" muito interessante. A quota de mulheres é elevada na orquestra que dirige. Neste outro vídeo, no início, pode ver-se que a percussão é quase composta exclusivamente por mulheres.

Os maestros são os melhores exemplos para os líderes. Nada exige mais coordenação de tantas pessoas como uma orquestra.

A coordenação é um dos principais desafios desta música.

No vídeo, se olharmos para a cara da maestrina entre o minuto 2.00 e o minuto 3.30 vemos uma pose de elevada concentração, estamos na fase mais sensível da obra: Vão entrar os metais, e há um ralentando antes dum desenho grandioso.

Tudo corre bem, a maestrina sorri de satisfação, foi dado o salto para o sucesso. É um sorriso, que motiva os músicos, um positivismo que faz do minuto 4, o minuto mais importante da obra, o minuto com execução e coordenação perfeitas.

Na empresa, o chefe que "sorri", que reconhece, que partilha com os colaboradores o sucesso e o caminho para o sucesso, consegue harmonia e coordenação.

publicado às 13:27


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds