Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Capital Intelectual

por Nuno Saraiva, em 20.10.08

Um dos conceitos que sempre tive presente ao olhar para o Balanço duma empresa, é que este, ou melhor o seu saldo - os capitais próprios - sempre deveria espelhar o valor da empresa. Se o mercado não fosse especulativo, seria o valor da capitalização bolsista.


Como a especulação existe, um Balanço que espelhasse o verdadeiro valor da empresa, permitiria a quem pretendesse investir realmente no negócio, adquirindo parte do capital da empresa, soubesse quanto estaria a pagar a mais ou a menos pela empresa (goodwill ou badwill).


Porém, a génese do Balanço, não foi a correcto espelhar do valor da empresa, mas a sua situação financeira, baseando-se essencialmente nos movimentos financeiros: Quanto devem à empresa, quanto deve a empresa e que meios tem.


Nos últimos anos, têm vindo a ser feitas alterações, no sentido de reconhecer os activos da empresa, mesmo os intangíveis que surgem na empresa, que a empresa cria sem desembolsar um valor monetário.


Esta acção (por exemplo uma empresa de informática, desenvolver determinado algoritmo e "decidir" que vale 100.000 Euros e simplesmente colocá-lo no Activo da empresa) é actualmente a que mais divide os técnicos de todo o mundo e mais entraves coloca na aplicação das IFRS, que ainda assim não são tão permissíveis e manipuláveis como alguns querem fazer parecer.


A verdade é que mesmo as IFRS deixam de parte o grande activo das empresas hoje em dia: O CAPITAL INTELECTUAL.


Quanto vale Steve Jobs no Balanço da Apple? Não está reflectido. Mas faz indubitavelmente parte do Activo da empresa. A grande razão para que não se considerem valências pessoais como Activo, é o facto de a empresa não controlar as pessoas, uma das características básicas da definição de Activo.


Imagine-se a seguinte situação, fictícia:


Duas pessoas decidem iniciar uma empresa de design e cada uma dispõe de capital de 200.000 Euros para investir.


Compram o mesmo hardware, o mesmo software, instalam-se em escritórios próximos pagando a mesma renda.



Porém, a empresa ALFA contrata 5 designers conceituados, modernos, com características de team players e paga-lhes 5000 Euros por mês.
A empresa BETA, contrata 2 designers com alguma experiência, e 3 pessoas não qualificadas, pagando 2000 Euros aos primeiros e 1000 aos restantes.

Considere-se que no primeiro ano, as empresas obtiveram o seguinte resultado:




       
  ALFA BETA  
Vendas 585 333  
Custos Div. 200 200  
Pessoal 350 98  
Resultado 35 35  
       
       
O Balanço de Alfa será tipo este:  
       
Activos 350   CP 235
       Passivo 115
       
       
O Balanço de Beta poderá ser:  
       
Activos 300     CP 235
        Passivo 65

Quem olha para os Balanços conclui que as empresas têm o mesmo valor. Conclui ainda que a empresa B é mais solúvel (consegue transformar os activos em dinheiro mais facilmente (por serem menos e do mesmo tipo [1])) e será melhor em rácios diversos como por exemplo a Autonomia Financeira.


Qual das empresas tem efectivamente mais valor?


[1] A não solubilidade de Activos nos Balanços das empresas dava para uma Tese.

publicado às 19:07


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds