Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




SAP assegura contabilidade pública

por Nuno Saraiva, em 20.09.08

Segundo o diário económico, a SAP fornecerá ao Estado todo o software de gestão e contabilidade (link).


O modo como o software SAP está concebido, parece-me totalmente adequado para que se consigam centralizar, todos os dados de gestão e contabilidade de todos os organismos. Isto deverá permitir que  o Tribunal de Contas aceda imediatamente aos dados de todos estes organismos e rapidamente possa elaborar comparações. (Por exemplo entre Câmaras Municipais, será interessante obter rapidamente, o peso dos ordenados no orçamento de cada uma e analisar. Uma forma de detectar outliers).


Nunca estive a trabalhar directamente num processo de implementação SAP, mas tenho conhecimento de duas ou três empresas que o fizeram e as coisas correram não correram bem, e todas demoraram mais de dois anos a implementar.


Se, numa empresa privada, com custos controlados, as coisas correm mal; no Estado já se sabe que mais sensível é.


Nos casos que falava aconteceram um conjunto de situações que atrasaram tudo, e que a culpa não se sabe bem de quem é. Para a empresa, a culpa é dos informáticos que estão a implementar, para estes a culpa é da empresa.


Eu tendo a concordar com a empresa. Reafirmo que me parece que o SAP é uma boa solução, mas os seus parceiros/implementadores, borram muitas vezes a pintura.


Um parceiro duma solução de gestão e contabilidade, não pode ser constituída apenas por informáticos, como por vezes acontece.


Um gestor duma empresa, quando compra uma solução a um destes parceiros, espera obviamente que esta seja implementada sem trabalho seu e sem ser ele a preocupar-se com os aspectos técnicos e legais. São os consultores SAP que têm de garantir as premissas base deste tipo de software - (Que cumpre as exigências da ASSOFT, que garante a integralidade dos dados, que cumpre as exigências fiscais, etc. etc.)


Para isso, as empresas que queiram implementar SAP, PHC, SAS, etc., devem ter nos seus quadros especialistas em contabilidade e auditoria. Se forem só Eng. Informáticos (sem a devida formação complementar) arriscam-se a fazer a figura que fez um outro dia, que perguntou a um empregado da empresa: "Então que dados é que quer que apareça na factura?"


Em suma, ou o Tribunal de Contas faz um plano bem feito e acompanha bem a implementação, e  a equipa que vai implementar é muito competente, ou parece-me que nem em 10 anos temos o SAP implementado na totalidade dos organismos públicos.

publicado às 19:31


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds