Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




IFAC Handbook

por Nuno Saraiva, em 22.03.08

Já está disponível para download o Handbook da International Federation of Accountants (IFAC).


Estive a "desfolhar" os dois pdfs, quando me apercebi que o primeiro pdf tem mais de 900 páginas, e o segundo quase 300.


A primeira parte é mais dedicada aos contabilistas em particular e responsáveis pelas demonstrações financeiras, no geral. A segunda parte é dirigida aos auditores - basicamente são as ISAs (INTERNATIONAL STANDARD ON AUDITING). No entanto a postura do IFAC, a meu ver a correcta, é que contabilistas e auditores devem regular-se por normas idênticas, nomeadamente no que respeita a ética, independência, integridade.


Ainda, assim não deixa de ser curioso, que a parte de ética da primeira do livro, seja rigorosíssima, e aconselhe os contabilistas a não aceitarem clientes cujos negócios sejam pouco claros, se desconfie que possam acontecer lavagens de dinheiro, ou simplesmente não se confie na governação [1].




Download parte I

Download parte II


Se preferir no final de Março sai uma versão impressa que custa 150 dólares.


 


 


[1] A questão da governação é uma das mais importantes dos dias de hoje. Actualmente, em Portugal, ninguém tem a responsabilidade de deduzir acerca da gestão duma empresa.


Aos contabilistas compete elaborar o relato financeiro de acordo com as variações patrimoniais da empresa.


Aos auditores, compete certificar que as contas da empresa reflectem de forma apropriada e verdadeira, a situação patrimonial e os resultados da empresa, de acordo com os princípios contabilísticos geralmente aceites em Portugal.


E a Gestão? Quem gere os gestores?

publicado às 10:50


Comentário

por Nuno Saraiva, em 20.03.08
Como sente o negócio dos combustíveis em Portugal?

Leia este post, os comentários e dê também a sua opinião.

publicado às 10:15


Pontos percentuais e percentagens

por Nuno Saraiva, em 19.03.08

Uma estação de televisão pública devia ser mais rigorosa nas informações que dá. Quando oiço notícias de economia na RTP, conto que sejam correctas.


Ontem, no jornal da noite da RTP2, ouvi a Conceição Lino Cecília Carmo dizer que a FED tinha baixado a taxa de referência em 0,75%.


Na realidade foi em 0,75 pontos percentuais. Se fosse 0,75% a taxa teria baixado de 3,25% para 3,23%


Para piorar a situação, falou de seguida das bolsas, que tinham aumentado x%, o que era correcto, más dá uma ideia errada de comparabilidade.


Logo a seguir, voltou a dizer que o FED desde há um tempo a esta parte baixou a taxa em 1,5 por cento; A verdade é que foram 1,5 pontos percentuais.


Um bocado mais de rigor só ficava bem.

publicado às 17:00


Kama Sutra ligeiro

por Nuno Saraiva, em 17.03.08
Trabalhando.

Acho que nunca tinha trabalhado tanto como nesta semana. Do tempo que estive acordado, e eu não durmo muito, 80 a 90% foi a trabalhar.

Para encerrar esta dura semana, vou aqui colocar algo para todos aqueles que aqui chegam, pesquisando kama sutra, cama sutra, kamasutra, etc.

O kama sutra é das coisas mais simples e agradáveis do mundo do sexo. Considero-o uma arte.

Eu falei aqui disso em tom de brincadeira. No entanto é o post mais popular de sempre.

Desde que estou no wordpress,  este post tem mais hits que a soma dos 15 seguintes mais populares.

Para todos os que aqui cheguem com esses propósitos aqui ficam os principais  bonecos.

Jogo de memória do Kama Sutra.

publicado às 00:24


A evolução do open-source

por Nuno Saraiva, em 11.03.08
Por questões profissionais, ando com o tempo reduzido para leituras e escrita. Não quis no entanto deixar de referir aqui esta notícia.

Why falling Flash prices threaten Microsoft

Em suma, mesmo que a Microsoft oferecesse o Windows, não competia com o Linux, que permite trabalhar com hardwares mais fracos.

No caso em apreço, o Asus Eee PC, custa 199 Libras com Linux e 259 Libras com Windows (apesar do pc ser melhor).

A Linux está a dar cartas nesse factor tão importante que é garantir que a tecnologia chega a todos os jovens independentemente da sua capacidade financeira.

publicado às 21:54


A Dança do TOC

por Nuno Saraiva, em 09.03.08
Um vídeo de 1948 dos anos 60 referente ao programa "At last the 1948 show", feito pela malta que viria a formar os Monty Python [Obrigado ao Gonçalo pela correção]. Continua actual. Próxima vez que for à discoteca, é só imaginar-me no trabalho.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=4T_eRLmekD0]

publicado às 14:58


Eu sou a lenda

por Nuno Saraiva, em 08.03.08

Afinal havia um fim mais jeitoso.. Este final que apresento abaixo é diferente. É daqueles que toda a gente segreda para quem o acompanha "vai haver continuação".


Por mim, preferia este final.


(obviamente um spoiler para quem não viu)



[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=CQfh-dyr7nc]

publicado às 21:55


Harmonização só para grandes empresas.

por Nuno Saraiva, em 08.03.08

Não é tão cedo que vai poder comparar a rendibilidade da sua PME com uma idêntica no Reino Unido ou na República Checa.


A legislação nacional terá que elaborar regras de acordo com Directiva Europeia, trabalho que já foi feito pela CNC (Sistema de Normalização Contabilística) e aguarda a aprovação de Decreto-Lei.


Porém, há uma norma específica para as pequenas empresas (IFRS-SME) . Ainda é considerado um draft pelo IASB, e a aplicação destas normas não será de aplicação normalizada europeia, mas sim nacional.


Este facto foi referido por Françoise Flores, partner da Mazares, que foi a empresa a quem o IASB solicitou a elaboração e estudo da IFRS-SME.


Num chat realizado dia 18 do mês passado, no site da Mazares, um utilizador Blair colocou a questão:


Do you believe that the current Exposure Draft on SMEs would be in line with the 4th and 7th directive and if so, would there be an endorsement necessary? If not, does the current endorsement mechanism cover this situation?


E a resposta foi:



I have not assessed whether the IFRS for SMEs complies with the 4th and 7th directives. However I would not be surprised if it did.
If so, every member state in the European Union would have the ability to adopt the IFRS for SMEs on a national basis.
The UK and Denmark have already indicated that they are planning to do so.
The IFRS for SMEs is clearly out of the scope of the so-called IFRS regulation.

Já que se vai mexer a fundo nos processos contabilisticos, porque não harmonizar já?


O Reino Unido e a Dinamarca afirmam que adoptarão a norma nacionalmente e isto passa a ser um facto consumado e sem retorno?


Podíamos dar um passo maiorzinho...

publicado às 20:34


O marketing da Apple são os rumores?

por Nuno Saraiva, em 08.03.08

Começa a ficar esgotada a técnica que Steve Jobs tem vindo a utilizar. A Apple anda constantemente a fazer sair rumores. Desde lançamentos de ipods, a iphones, e outros, aparecem sempre rumores. Dois ou três dias antes de sair um novo produto, toda a gente sabe o que vai ser.


Esta técnica mantém a comunidade apple activa. Mas para mim, comum mortal, chateia-me ler e ficar sem certeza.


Ainda agora, li no this is london que a discografia dos Beatles vai estar disponível no itunes e que a Apple pagou 200 milhões de Libras por isso (link).


Logo a seguir, o blog de tecnologia do Guardian diz que não é verdade.




(...) according to the spokesperson for Apple Corps, which still retains publishing rights to the Beatles' back catalogue, its suggestion that the songs will go online later this year is wrong.


 Mais vale não acreditar em nada.

publicado às 19:53


Fusão

por Nuno Saraiva, em 08.03.08
Preversão
Subversão
Sem dúvida que esta malta anda a fumar coisas, BugsBunny e Superhomem?
*

Tags:

publicado às 15:14



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds