Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Momento metro-sexual

por Nuno Saraiva, em 18.06.07
Estou com uma grande trunfa.

A verdade é que estou a atrasar o corte do cabelo tanto quanto um empregado dum departamento financeiro duma grande empresa o consiga, porque quero mudar de corte. Este já o uso há demasiados anos.

Os últimos barbeiros/cabeleireiros que experimentei não me deixaram satisfeito e continuo a experimentar até me sentir totalmente satisfeito.

Sempre cortei o cabelo em em Sintra. Actualmente custa 10€. Cortam bem, mas simples. Não tenho confiança para lá ir com invenções. Tem sempre muita gente, pelo que há a tendência para despachar. E o tempo de espera é muito. Já há algum tempo que andava desagradado.

Experimentei aquele no Oeiras Park. Esse não gostei mesmo. Parecemos peças numa linha de montagem do Ford. E tem muita gente inexperiente a cortar o cabelo. 12€

Experimentei o Lorde, ali quando se vai do Marquês para as Amoreiras. 20 €. São barbeiros de requinte, porém old school. Cortam o cabelo há homenzinho de negócios e eu queria uma coisa mais fashion.

O último corte que experimentei foi no cabeleireiro do Holmes Place - Quinta da Fonte. Não tenho a certeza do preço, mas penso que foi 14€. Não gostei. Queria desbastar só um bocado e destapar a orelha e saí de cabelo curto e espetado.

Enquanto deixo o meu cabelo crescer o máximo e procuro novo cabeleireiro, ando a decidir que tipo de corte vou fazer. Assim, como para quase toda a informação hoje em dia, decidi pesquisar na net. E descobri o site www.haircutsformen.org/

Está muito completo o site e tem muitas fotos. Desconfio que o meu será algo parecido com algum desta galeria

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:53


PrintScreen

por Nuno Saraiva, em 18.06.07



Estou a gostar muito de ler tudo o que aparece no planeta PrintScreen

Muitos posts sobre tecnologia, muita informática mas não só. Posts sobre actualidade, internet, finanças/negócios, e muitos outros assuntos lá caem.

(É a evolução do antigo planeta asterisco).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48


Google Reader

por Nuno Saraiva, em 18.06.07
Há mais de um ano que ando para experimentar o GoogleReader.

O GR é um leitor/agregador de feeds virtual e tem a seguinte vantagem: Em qualquer computador que se entre estão sempre actualizados os posts e notícias que se leu, e os novos.

Actualmente uso o SharpReader no pc do trabalho e os feeds do Thunderbird em casa.

E como tenho feeds repetidos, e demasiados feeds (mais do que consigo ler), às vezes ando um pouco perdido.

Se me entender com esta ferramenta do google, é natural que deixe de usar os outros dois.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40


Buried Car

por Nuno Saraiva, em 18.06.07
Por lapso, não coloquei aqui ontem o link oficial do enterro do carro em 1957, de onde foram tiradas as fotos:

www.buriedcar.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:38


Quatro seguidos numa noite

por Nuno Saraiva, em 18.06.07
são os posts que tenho pendentes na cabeça.

Coisas pequenas que mal dão um post, mas são ideias que quero arrumar aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:37


E a Natureza venceu a tecnologia

por Nuno Saraiva, em 17.06.07
Em 15 de Junho de 1957, foi enterrado um carro novo, com zero quilómetros, nos jardins da cidade de Tulsa, E.U.A., com o intuito de ser desenterrado 50 anos depois.

Ora, Sexta-feira passada fez 50 anos e já desenterraram o carro.



O carro era um Plymouth Belvedere hardtop de 1957, branco e dourado, muito belo, e pretendia explorar o conceito de cápsula do tempo, permitindo que hoje, os cidadãos conhecessem como era a vida em Tulsa. Este conceito pode parecer um pouco básico, mas estávamos em 1957, onde a tecnologia, a comunicação e troca de dados era pouca.





Assim, foi enterrado o carro numa campa de betão, embrulhado num papel especial, uma grade de cerveja de uma marca de Tulsa, mapas da cidade, um bidão de gasolina (em 2007 poderia já não haver gasolina) fotografias, livros escolares, cartas de cidadãos e dos dirigentes locais, objectos diversos e um microfilme que contém uma mensagem para o futuro proprietário do velho Plymouth Belvedere.

Vídeo do enterro:
http://www.youtube.com/watch?v=N6fQZhua6d0


Sexta, quando o desenterraram, o carro estava num estado lastimável. Muito degradado. A campa ficou inundada. (Será que eles tinham previsto que com as chuvas, isto poderia acontecer?)

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket




Vídeo do desenterro:
http://www.youtube.com/watch?v=ETwNR4lNW18

Análise do carro e dos objectos:
http://www.youtube.com/watch?v=oaJkuUBCjUI

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 20:47


OPS da Martifer

por Nuno Saraiva, em 16.06.07
Quase sem se dar por isso na televisão e nos jornais generalistas, a Martifer, ou melhor a Mota Engil está a realizar uma operação pública de subscrição de capital da Martifer, capital este que pertencia apenas à MotaEngil e à MTO.

Ainda pensei subscrever algumas das acções mas acabei por não o fazer.

Será um bom investimento no médio prazo, no curto poderá não ser. Como é uma empresa que não conhecia, não se prevê o comportamento da cotação das acções na bolsa e este negócio das energias renováveis está muito verde, não arrisquei. Prefiro esperar pela REN e então fazer uma nova análise.

A título de curiosidade, e porque significa algo nas empresas em causa, a diferença entre OPV e OPS:

Numa OPV, as acções já existem, pertencem a alguma empresa (Pública ou não) e são vendidas. Numa OPS há emissão de novas acções, entrando mais capital para a empresa e ficando o existente mais disperso.

Uma empresa precisa de mais capital essencialmente por duas razões, ou quer fazer grandes investimentos que feitos com capital da banca não seriam rentáveis, ou está com problemas financeiros.

E é por isso, que antes de participar em algo deste tipo, é conveniente ler o relatório de gestão, e se possível fazer uma análise financeira e ler as opiniões dos entendidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:00


Novas oportunidades - Microsoft

por Nuno Saraiva, em 14.06.07
Fiquei surpreendido ao saber que para se estudar nas novas oportunidades tem que se utilizar software Microsoft.

Se por um lado, se pode defender que é software gratuito, e por isso até é aceitável a exigência, pensando que a ideia seria garantir o mesmo layout para todos e que todos os menus funcionavam correctamente. Por outro, não deixa de ser publicidade e de obrigar as pessoas a ir à página da Microsoft.

Não sou nada contra a Microsoft, até uso, mesmo no meu pc pessoal software Microsoft. O Windows e o Live Messenger, mas sou pela igualdade de oportunidades e justa concorrência.

No entanto é mais grave. Os conteúdos programáticos da área de tecnologias de informação não ensina a trabalhar com ferramentas informáticas. Ensina a trabalhar com ferramentas Microsoft. E isso já é mais grave. Devia ensinar-se o que é um browser, um messenger, um editor de texto, um editor de imagem e não o que é o IE, Windows messenger, Word e Paint.

Exemplo de pergunta:

Quer conversar com os amigos através da Internet. Que programa tem de instalar para tal?
  • Microsoft Windows Messenger
  • Microsoft Office Excel 2003
  • Microsoft Office Word 2003
  • Microsoft Paint

Sobre isto, Paulo Querido escreveu um bom post no seu blog no Expresso e Rui Seabra um post ainda melhor no blog Software livre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:54


Este blog é censurado

por Nuno Saraiva, em 11.06.07
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Na China. Pelo menos a crer na veracidade do site greatfirewallofchina que visa testar os urls num server chinês.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 20:54


Dicas Vs. Pensamento

por Nuno Saraiva, em 10.06.07
Um dos blogs a que mais tempo de leitura tenho dedicado é o Pick the Brain que descobri através do The Third Place.


No seu post mais recente, Jonh Wesley escreve acerca da utilização de dicas (tips) nos diversos assuntos das nossas vidas, nomeadamente os profissionais, em deterimento de um profundo conhecimento da situação, e de uma análise pessoal a cada questão. E apresenta uma metáfora fantástica:

A good comparison is eating fast food vs. cooking at home. Tips are like fast food. You look at the menu, order, and eat; all within a matter of minutes. The benefits are ease and convenience, but the food lacks substance and nutrition. Conceptual knowledge is like a home cooked meal. It takes time and effort to learn how to cook, gather ingredients, and wash dishes, but the food is high quality and the preparation skills you acquire can be used repeatedly. Although tips are more convenient, they lack the longterm value of conceptual thinking.


Cozinhar em casa é na verdade mais difícil e dá mais trabalho, mas com o tempo adquirimos técnica e sabedoria. Também no conhecimento, o estudo base trará frutos. Apoiarmos as nossas opiniões e técnicas baseados num conjunto de dicas ou de tópicos elaborado por outros, pode servir para fazer um "brilharete" no momento, mas a longo prazo pouco ou nada vale.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:43



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds