Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Volta ao mundo em 200 dias - Dia 33: Malawi

por Nuno Saraiva, em 15.01.07

Photobucket - Video and Image Hosting




Malawi, Kamuzu boys. Foto: PhilS immonds

A Benção das fitas lá do sítio.

Tags:

publicado às 11:14


Bonito, não é??

por Nuno Saraiva, em 14.01.07



Existem, de facto, peças que nos deixam de boca aberta..


Foi o que este relógio fez ao NS..


Mais modelos em Oris Watches.



Tags:

publicado às 21:55


Manhã Saudável

por Nuno Saraiva, em 14.01.07
Viver Feliz consigo próprio é ter o seu eu em equilíbrio no aspecto social, amoroso, financeiro, profissional e acima de tudo físico e mental.

Há certas actividades que nos permitem descontrair e ajudar o aspecto físico. A natação é um exemplo disso.

As manhãs de Domingo, são uma óptima oportunidade para disfrutar do que o mundo nos pode oferecer. Hoje:
8.30 Levantar
9.00 Pequeno almoço: 1 pera, 1 kiwi e depois uma caneca de leite com Nesquick
9.15 Caminhada vigorosa de Colares até ao Penedo
Corrida do Penedo até ao Convento do Carmo.
Regresso a caminhar rápido. (Devia ser a correr mas a fraca condição física não o permitiu.)
10.55 4 tangerinas
11.00 lavar o carro.
Proíbido: pensar em trabalho ou outro compromisso.


publicado às 21:43

Photobucket - Video and Image Hosting



Praga, Catedral deSan Vito. Foto: Eduardo Casado

Tags:

publicado às 16:27

Photobucket - Video and Image Hosting



Praga, As pontes de Praga. Foto: Laurent DUBOIS

Tags:

publicado às 18:18


Template

por Nuno Saraiva, em 11.01.07
Algumas mudanças, devido ao upgrade para o novo blogger. Se o template ficar esquisito, invísivel ou tudo desaparecer, é por pouco tempo. Esperemos.


UPDATE, 18:20
Para já fica assim, mais tarde logo se vê...

Tags:

publicado às 12:00


Estarei a ser duro demais para mim?

por Nuno Saraiva, em 10.01.07

Photobucket - Video and Image Hosting



Dizem os cânones da gestão de carreira, gestão pessoal e afins, que o nosso futuro somos nós que o criamos. Trabalhamos na busca da oportunidade correcta e depois quando esta aparece temos que a agarrar com força.
É verdade - o nosso cérebro trabalha para aquilo em que acreditamos, e quanto mais acreditamos em determinada situação, mais o cérebro funciona no mesmo sentido.
É comum ver pessoas sempre frustradas - frustração atrás de frustração - e outras sempre realizadas - sucesso atrás de sucesso.
Se antes de acontecer nos mentalizamos que vamos sair frustrados, então sairemos mesmo frustrados. A nossa postura para com nós próprios não deve ser demasiado rígida. Nunca repararam que por vezes são rígidos para vocês próprios? Essa rigidez dá origem a stress, frustração e provavelmente mais tarde depressão.

Na vida devemos planear os nossos objectivos, definir os degraus a subir e deixar as coisas rolar. Se não subirmos o melhor é deixar andar. Porque se auto-mutilamos a nossa estima, em vez de subir um ou dois degraus, caímos escada abaixo, aos trambolhões.

publicado às 19:32


Volta ao mundo em 200 dias - Dia 31: Mongólia

por Nuno Saraiva, em 10.01.07

Photobucket - Video and Image Hosting



Mongólia, zona Sul. Território sem nome atribuído. Foto: Marcin Fiedziukiewicz

Tags:

publicado às 18:45


Volta ao mundo em 200 dias - Dia 31:

por Nuno Saraiva, em 09.01.07

Photobucket - Video and Image Hosting




Mongólia, Horzo Foto: Marcin Fiedziukiewicz

Tags:

publicado às 14:06


O que é boa música? Mais uma achega

por Nuno Saraiva, em 08.01.07

O Phil acha que Andre Sardet devia morrer, mesmo hoje, dia do seu aniversário.. Sei que é uma ironia ou outra figura de estilo idêntica e nem a propósito, o meu post anterior. Continua a entristecer-me que não sejamos abertos o suficiente e continuemos com a atitude que só nós é que estamos certos na nossa intelectualidade musical e todos os outros, os que ouvem Andret Sardet ou James Blunt ou idêntico, são uns seres burros, manipuláveis pela comunicação social e que nós os intelectuais do alto da nossa clarividência devemos elucidar. Porque nos irrita a música má.
Por acaso já conhecia A.Sardet antes, de participações em programas de televisão e até porque várias músicas suas passaram em telenovelas. Apesar disso, mesmo que só o tivesse conhecido agora, com o reconhecimento radiofónico, continuava a ser legítimo gostar da sua música.
Para o Phil é imperceptível porque é que músicas que já existiam há dez anos agora saltam para a ribalta. Para mim o imperceptível é que se considere artistas aqueles que mudam o seu estilo de origem para outro só porque vende mais…
Sim, aqueles que depois dizem " Queríamos fazer coisas novas, diferentes".
Caro Phil, não sugiro que deixes de ouvir ou oiças o que quer que seja, simplesmente ouve o que te faz feliz.

Tags:

publicado às 13:52



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds