Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Eu a a internet

por Nuno Saraiva, em 29.10.04
Sempre me fez confusão a utilização da internet como meio de relacionamento com outras pessoas.. Lá para 1998, quando tive os primeiros contactos com esta ferramenta, como a maioria, comecei com a consulta de páginas (Websites tradicionais) a par da utilização do e-mail.



Hoje tudo está muito mais avançado...



Um dos serviços da internet que é considerado o top é a oportunidade de comunicação real com pessoas em qualquer canto do mundo. E depois? Será normal passar do virtual para o real? Sempre fui e em parte continuo a ser contra este passo.



Talvez possa não ter tido sorte, mas das poucas vezes que entrei em chats e "páginas de amigos" (daquelas com profiles para comunicar com pessoas) sempre tive a sensação que tudo o que se passava ali era 100% engate.. Uns mais virtual, uns mais fantasia apenas, outros mais directos.

Como, o conhecimento que temos destas pessoas é uma ilusão.. A percepção que temos é por nós criada e moldada de acordo com o que pensamos ser a outra pessoa e pode não corresponder à verdade.. Continuo muito céptico a conhecer pessoas que apareceram na internet.



Apesar disso os foruns e os blogues são diferentes.. É um ar diferente que se respira, na minha opinião...



A partir de hoje, vou participar num novo blogue: Toochies Um blogue quase sem regras, a única é o bom senso, onde se escrevem patetices.. (Patetices escritas por patetas que apreciam as patetadas do Pedro Tochas).

Em comum com essas pessoas apenas tenho o gosto pelo trabalho dum artista e o prazer de participar de vez em quando no seu forum, pessoas das quais nem sei o nome.. Esta relação virtual, é algo contra-minha-natura, mas eu não resisto a um problema, uma charada ou um desafio...



O aparecimento da blogosfera, apesar de por vezes ser pouco reconhecido, é um acontecimento importantíssimo na partilha de opinião, agora que tanto se fala na censura de informação..

Há vinte/quarenta anos era extremamente dificil uma pessoa transmitir informação... Livros e jornais.. Ambos sujeitos a uma avaliação do editor.. Os blogues permitem qualquer pessoa, colocar qualquer informação, a qualquer hora, em qualquer parte do globo... Sem uma pré-avaliação que não seja a sua. Depois a "audiência" dependerá evidentemente da qualidade do que escreve, mas isso é outro caso.

Claro que esta facilidade tem as suas vicissitudes: A inexistência dum código ético/deontológico, o anonimato e pior ainda o assumir o papel de outra pessoa.

Por mera diversão ou calúnia pensa-se uma personalidade qualquer (por exemplo Mário Soares) põe-se uns posts com um estilo de escrita aproximado e fala-se mal do Sócratres... Envia-se para todos os amigos, Novo: O blogue de Mário Soares... e é uma bola de neve...

Apesar deste revés, continuo a achar a quantidade e diversidade de informação disponível na blogosfera muito importante.





E assim vão as minhas "relações" com a internet.





Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:47


A Gripe...

por Nuno Saraiva, em 28.10.04
Ela anda aí....



Eu já a choquei.. Auto-inseri o virus no meu corpo, na boa intenção de criar anti-orpos..

O pior é que me esqueci que Sintra tem uma humidadezinha matreira...



O resultado é uma grande gripalhada que está cada vez pior... Enfim.. Meto-me em cada uma...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:22


Leituras..

por Nuno Saraiva, em 26.10.04
Este ano estou mais liberto academicamente, então regressei à técnica da leitura de comboio e leitura de mesa de cabeceira.



No comboio estou quase a acabar de ler O afinador de pianos de Daniel Mason.

Um excêntrico médico do exército Inglês de serviço na Birmânia exige um piano Erard dos melhores pianos de sempre, capricho que é satisfeito. No entanto exige um afinador dado que o piano se desafinou.. É a viagem deste afinador até à Birmânia que é relatada numa linguagem bastante cuidada e com descrições bem detalhadas dos momentos vividos...



À cabeceira comecei ontem a ler Fantásticas Fingidas Mentirosas de Fernando Tordo.

Uma viagem dum casal à Índia, de avião, mas seguindo a rota “dos Lusíadas”

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:51


Comentário ao post “Para Pensar:”

por Nuno Saraiva, em 26.10.04
E então, chegaste a alguma conclusão?

Lucyta



E achas que consegues isso tudo?

Susana



As pessoas não me conhecem porque sou tímida

Loba



Por mais que medite nas perguntas que coloco a mim próprio, nunca chego verdadeiramente a uma conclusão. É difícil chegar a tal conclusão, porque um facto é que há muitas pessoas com quem convivo que não me conhecem realmente.

Por vezes chego à conclusão que não tem a ver com o facto de não gostar de mim, mas apenas o facto de ser frio e distante. Porque hei-de mostrar às pessoas com quem trabalho coisas do meu íntimo? Não tenho motivo para o fazer, apesar de depois ser visto como bruto insensível fechado no meu casulo.

Este fechar no casulo, mesmo com os amigos (os melhores), faz parte de mim. Sempre tive poucos amigos e muitas vezes inventei desculpas para evitar amigos e preferir ficar em casa a ler um livro ou caminhar sozinho para a escola.

Hoje gosto mais de mim e aceito o que sou, em parte devido ao grande amor que estou a viver nos últimos anos, que me fez muito bem em vários níveis, psicológicos, motivacionais, auto-estima, etc. no entanto há coisas que caso pudesse mudava (basicamente os meus defeitos, que luto por mudar, mas é difícil,,)



O meu post não teve como objectivo mudar o mundo ou a humanidade. Tal é praticamente impossível. Mas ia ser muito bom se todas as pessoas que nos rodeiam fossem boas pessoas.



Pensamento positivo!



Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:36


Minha luz...

por Nuno Saraiva, em 22.10.04
O amor é uma luz que não deixa escurecer a vida.

Camilo Castelo Branco



Por isso, Lucyta, quero que continues a ser sempre a estrela brilhante que ilumina a minha alma, mesmo que às vezes pareça que quero viver na escuridão

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:14


Rua da Cruz.

por Nuno Saraiva, em 21.10.04
A rua onde vivo sempre foi chamada de Rua da Cruz. Nunca percebi muito bem porquê, dado que não é esse o seu nome.

Mas o facto, é que a minha avó, residente na rua à mais de 50 anos, sempre se referiu á sua rua como a da Cruz.

Há uns tempos atrás alguém me alertou para o facto da rua se assim chamar porque é no seu início que está aposto o Pelourinho, a “pedra” mais famosa de Colares.

Já por vezes tentei investigar se a rua alguma vez se chamou rua da Cruz, não encontrei nada.

Este fim-de-semana encontrei umas quadras no livro que conta a história dos 100 anos da banda de Colares de A. Caruna:



(...) Carlos Baptista emprestou-me um folheto da festa de Nossa Senhora da Praia de 2 de Setembro de 1939 com versos alusivos às localidades de Colares, Mucifal, Azenhas do Mar e Praia das Maçãs.

(...) Quem os escreveu quis ficar no anonimato:



Colares, ó vila velha,

Que te estendes serra acima!

A gente quasi ajoelha,

Quando de ti se aproxima



És bem um trono aéreo

Feito só para Jesus,

Que conquistou este império

Subindo a rua da Cruz


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:58


Da minha janela...

por Nuno Saraiva, em 21.10.04
O anoitecer...



Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:19


Para pensar..

por Nuno Saraiva, em 20.10.04
Já repararam que por vezes conhecemos pessoas que pensamos ser uma coisa e depois quando se revelam verdadeiramente são outras?

Já pensaram que por vezes as pessoas não nos conhecem como somos verdadeiramente? Será que nós na nossa maneira de ser, escondemos para os terceiros o nosso íntimo? Aquilo que somos na realidade?



Se o fazemos a causa é provavelmente não gostarmos de nós próprios, daquilo que somos. Desde crianças que somos carregados com conceitos. Conceito de belo e de pessoa de sucesso.



Vale a pena parar um pouco, e isolado de todos, no silêncio, junto ou mar ou ouvindo uma música suave, pensar:

Eu gosto de mim?

Eu aceito-me como sou?

Eu gosto de mim como sou?

Se não nos aceitarmos como somos vamos naturalmente esconder o que não gostamos em nós. Tal situação leva a que vivamos num mundo de mentiras e consequentemente não nos mostramos como somos.



É um passo importante gostarmos de nós como somos.

Se Deus nos criou, uns gordos uns magros, uns teimosos outros aceitantes, uns crentes outros ateus, uns brancos outros pretos, criou um ser necessário à Humanidade.

Todas as pessoas são importantes para a Humanidade, mas são importantes nas suas carecterísticas verdadeiras....



Assim, tal como vou tentar fazer, vamos assumir o que somos, e, todos diferentes, todos cometendo os seus disparates à sua maneira, fazer uma sociedade melhor, menos cruel, e mais inclusiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:40


Lindo ser de vossos olhos belos

por Nuno Saraiva, em 18.10.04
Quem vê, Senhora, claro e manifesto

o lindo ser de vossos olhos belos

se não perder a vista só em vê-los

já não paga o que deve a vosso gesto.



Este me parecia honesto;

mas eu, por de vantagem merecê-los

dei mais a vida e alma por querê-los

donde já não me fica mais de resto.



Assi que a vida e alma e esperança

e tudo quanto tenho, tudo é vosso,

e o proveito disso eu só o levo.



Porque é tamanha bem-aventurança

o dar-vos quanto tenho e quanto posso

que, quanto mais vos pago, mais vos devo.





Para a Lucyta, Luiz Camões

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:01


Mais um Fim-De-Semana...

por Nuno Saraiva, em 18.10.04
Mais um fim de semana que passou e mais uma vitória do Nafarros no hóquei. :)

Desta vez foi contra o Alverca, equipa que tem uma defesa muito forte. Mas enfim, com muitos nervos o Nafarros lá conseguiu sair com os três pontos.



Os jogos de hóquei são normalmente em Nafarros às 21.00 aos sábados, de quinze em quinze dias pois alterna uma semana em casa, uma semana fora. O Sintra, joga em casa nos fins-de-semana em que o Nafarros joga fora (coincidência).



Porém, para quem nunca viu e não costuma achar graça ao hóquei na tv, ver jogos da segunda divisão, não é de facto o espectáculo mais motivador. O ideal para quem vai pela primeira vez, será ver uma final four seja ela da Taça de Portugal, ou seja do campeonato do mundo.

À falta desta, qualquer jogo do Porto ou do Barcelos tem muitos ponto de interesse.



As minhas emoções no hóquei, vão para além do jogo pelo jogo, vão por uma questão de clubite. Entro no pavilhão com o forte desejo que o Nafarros saia vencedor e é por isso que torço. Eu e o grupo de pessoas. Há pessoas que torcem tanto, tanto que ficam cegas. Cada falta não era falta, cada cartão não era cartão, o árbitro é sempre ladrão, e ficaram sempre por mostrar dezenas de cartões aos adversários.. Mas isso são maneiras de ser e de sofrer, a minha, são alguns minutos de silêncio, com a tensão e pulsação altíssimas, com algumas asneiras e falsos alarmes de golos que não foram, mas nada de muito sonoro.

(Bem no jogo contra o Turquel, chamei palhaço ao árbitro, mas dessa vez foi mesmo)



No que respeita ao espectáculo televisivo, o hóquei é de facto um desporto que perde muito do interesse, precisamente pelo facto referido nos comentários, é que muitas vezes a bola não se vê.

Até conheço pessoas que são capazes de ir a dois e três jogos de hóquei por semana e não vêem nada de hóquei na tv. E nisso concordo, um jogo de hóquei na tv não tem um décimo da emoção de um jogo ao vivo.

Antes de haver tv, os eventos desportivos eram difundidas através da rádio. Nessa altura, o meu avô e a minha mãe conheciam de igual forma os jogadores de hóquei e os de futebol. De facto uma vez a minha mãe disse-me que quando era nova ouvia sempre o hóquei na rádio e sabia bem que voltas dava o campeonato.



Outros tempos...



Já agora ainda bem que nestes tempos a comunicação está de tal forma desenvolvida e não dá espaço para grandes fugas à verdade.



Infelizmente, e na RTP, não se respeitam os campeões, o FCP, e mostra-se uma lista de equipas onde se destaca uma das equipas recém-promovidas. Será pela quebra do jejum de nove anos sem um títulozinho ou participação na primeira divisão?? Qual será o clube do indivíduo?







Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:49

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds