Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dilema

por Nuno Saraiva, em 30.09.04




Quem explica o paradoxo??

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:38


Moda Verão 2005

por Nuno Saraiva, em 30.09.04
Como visionário que sou, aqui vos adianto o novo fato de banho, que estará na moda no próximo verão. Muito confortável o fato-de-banho..







Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:29


Gato Fedorento

por Nuno Saraiva, em 30.09.04
Arranjei um minuto para dizer que fico feliz com a Notícia que vai ser editado um DVD do Gato Fedorento.

Desde o Herman Enciclopédia que não se via nada assim...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:12


Soneto com Provérbios

por Nuno Saraiva, em 24.09.04
Escrevi isto para participar no passatempo do Azenhas

Para a próxima vê lá se o prazo de participação é maior.. para dar tempo para fazer coisas melhores





Sentindo a maresia pus-me a pensar

(Que) a água corre sempre para o mar

Uma coisa há que respeitar

É que o mar ensina a rezar



Fui a correr senti um arrepio

Pois à boca da barra perde-se o navio.

Vasco da Gama foi o primeiro

A saber que mar calmo não faz bom marinheiro.



Fui até às Azenhas do Mar

Fiquei doido com a maresia

Saltei um muro para roubar uva.



Ouvia as ondas rebentar

Estava sol e chovia

Sol e chuva, casamento da viúva

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:43


Ausência forçada

por Nuno Saraiva, em 24.09.04
Por motivos profissionais e académicos só voltarei a 07/10/2004.



Até lá.. Stay Positive!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:27


Na cama

por Nuno Saraiva, em 21.09.04
To Lucy




Os momentos mais serenos da vida de um homem, são quando derrotado pela fadiga, olha a mulher e vê um sorriso...






>

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:28


Não quero um rótulo

por Nuno Saraiva, em 17.09.04
Neste mundo de ideias pré-concebidas

Temos rótulos e juízos na mente

Todos ouvimos frases descabidas

Que nos podem magoar seriamente



Há quem diga que sou comunista

Assassinatos e ganzas a toda a hora

Haverá quem me julgue fascita

Negros e outros daqui para fora



Só quero ao Mundo gritar

Como Séneca revelou,

Todos temos ideias más e boas.



Se me desejas educar

Não me apontes o que não sou

Pois seriamente me magoas



NS



Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:22


Instrumentos Filarmónicos..... O Trompete

por Nuno Saraiva, em 17.09.04

O trompete é um instrumento imprescindível numa banda filarmónica. Este instrumento é um dos mais conhecidos pelas pessoas dada a sua utilização quer nas touradas, quer no Jazz, há dezenas ou centenas de fotos de Dizie Dilespy e Louis Armstrong com o trompete na mão.



O seu timbre está normalmente no meio do conjunto (não é dos mais graves. É agudo mas não dos mais agudos), porém é possível tocar notas extramamente agudas..

Normalmente tem sempre melodia, pois o volume de som produzido é muito elevado e suporta a melodia duma peça..



Na rua é essencial, nas partes em que os trompetes não tocam, torna-se díficil ouvir as melodias compostas em registos mais agudos...



Não há maestro nenhum no mundo que conceba fazer qualquer concerto sem um trompete.. É essencial..





NS





Apontamento Histórico





O trompete só começou a evoluir e a ser utilizado na musica no século XV, no período do renascimento como ainda não tinha uma técnica aprimorada na época, era apenas utilizado para algumas notas e marcações (mais detalhes ver História da Musica).

Mais tarde com a ajuda que Bach deu a musica na época barroca, ajudou o trompete a evoluir também. Esse período foi o inicio da utilização do trompete na musica, pois agora ele tem notas e oitavas, podendo assim ser utilizado para a musica da época.

No período clássico, o trompete não teve tantos avanços como teve a linguagem musical, fazendo assim o trompete voltar a ser apenas um instrumento harmônico e de reforço rítmico. O concerto de Haydn não foi escrito para trompete, mas sim para cornet da época.

Mas só em 1815, um trompista alemão chamado Heinrich Stölzel, criou o sistema de válvulas para instrumentos de metal, e em 1939 o francês Périnet patentiou um sistema de válvulas chamado de “gros piston” que é a origem das válvulas que utilizamos hoje no trompete. Daí pra frente o trompete teve seu lugar na musica, pois com esse sistema de válvulas ele ficou completamente cromático.

Depois disso, o trompete ganhou também válvulas para afinação do instrumento e de novas individuais.

Depois dessa evolução, as industrias de instrumentos não pararam por ai, com o jazz e as orquestras, eles criaram outras variações de trompete tais como: Cornet, Picollo, Flugue Horn entre outros.

Não podemos esquecer dos músicos que criaram técnicas e fizeram com que o trompete chega-se ao que é hoje. Músicos incríveis como: Jonh Baptista Arban, King Oliver, Dizie Dilespy, Duke Ellighton, Louis Armstrong, Arturo Sandoval e Winton Marsalis (exemplo a ouvir: Variações sobre Carnaval de Veneza).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:22


Estar bonito no trabalho

por Nuno Saraiva, em 17.09.04
Tem muita piada este post.

Faz-me lembrar um conhecido que tinha entrado para os quadros médios duma multinacional há um mês e ia ter a primeira reunião com o Head-Country e com a pessoa do CG responsável, bem como toda a hierarquia da sua área de negócio; e ao almoço, pousa mal o tabuleiro na mesa e catrapaz, vira o bitoque para cima da gravata, camisa, calças e tudo.

Depois, na inocência dos seus 26 anos, deu ouvidos a colegas mais velhos Para tirar nódoa de ovo, não há melhor que farinha. E ficou pior.. Parece que se via melhor a nódoa..

E pronto, lá foi ele para a reunião com o cuidado de por a pasta sempre à frente das calças e sem nunca despir o casaco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:05


É impressão minha..

por Nuno Saraiva, em 17.09.04
Ou Bagão Felix, ontem na RTP, parecia um cachopo que aprendeu a andar de bicicleta há uma semana a andar com amigos mais velhos em sítios perigosos...

Tremia por todo o lado...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:58

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

subscrever feeds