Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




F1: Houve em tempos um desporto…

por Nuno Saraiva, em 13.09.07
Subscrevo, todas as letras, e acrescento:

Uma vez numa reunião da empresa, para onde trabalhava, e onde se discutiam patrocínios ao Autódromo do Estoril. Alguém apresentou um estudo onde a nivel mundial, e excluíndo os países lusófonos o Estoril, era mais conhecido que Lisboa, graças à fórmula 1.

O fim do GP de Portugal  foi a primeira machadada.

As mudanças das regras e a hegemonia Shumacher, o trabalho duro.

A não transmissão da RTP foi a machadada final.

Eu também sou do tempo das 2 horas colado à tv. Mais a qualificação. São memórias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:10


3 comentários

De Spyro a 14.09.2007 às 02:19

Correcção: Schumacher e não Shumcker...

Atenção que não foram só as regras que tornaram a F1 menos competitiva, foi a evolução muito forte das equipas de topo. Mas dizer que não há emoção (desporto)... Neste momento a qualificação tem muito mais piada que as 12 voltas de antigamente, as 3 partes da qualificação com os pilotos a lutar progressivamente por seguir para a ronda seguinte dão emoção. E neste momento apesar de os dois pilotos da Mclaren estarem em vantagem algo confortável, temos 4 vitórias do Alonso, 3 do Hamilton, 3 do Raikkonen e 3 do Felipe Massa, nesse aspecto mais renhido não poderia estar, nunca se sabe quem vai ganhar a corrida. Esperemos no próximo ano ainda mais renhido estar. E que a Mclaren jogue limpo...

De Nuno Saraiva a 14.09.2007 às 08:45

Obrigado pela correção.

Admito que pode haver mais estratégia, mais raciocínio, etc. Mas a corrida em si é muito menos emotiva.

De   F1… por fim by Carlos Serrão a 09.10.2007 às 11:02

[...] quase tresanda. Mas enfim, é um desporto do qual eu gosto muito. Ver/Ler os posts do David, do Nuno e finalmente do Sérgio, fizeram relembrar-me por que é que eu gosto da [...]

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D