Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Boca de Sapo

por Nuno Saraiva, em 20.02.07
O fenómeno do boca de sapo é das coisas mais engraçadas do mundo automóvel.

Não se sabe ao certo quando o Citroen DS começou a ser chamado assim, o que é facto, é que poucas pessoas sabem o verdadeiro nome do modelo do carro.

Com 50 anos feitos em 2005. foi um fenómeno na mecânica, nomeadamente nas suspensões mas também importante na sociedade portuguesa.


A dada altura começou a ser conhecido em certas zonas do país como o carro da lua-de-mel. Era um carro que fazia as delícias como carro do casal para os novos pares que se juntavam.

Quando foi apresentado, no salão automóvel de Paris vendeu nos primeiros minutos 749 exemplares. No final do salão contava com 80.000 encomendas.



Cá em Portugal, claro está, não era assim tão simples lhe ter acesso, devidos aos problemas sociais que conhecemos até 1974.

Em Abril de 1975, foram construídos os últimos exemplares.

Não se sabe ao certo quantos bocas de sapo existem em Portugal activos. Mas à festa dos 50 anos, no Porto, foram entre 70 a 100. (Revista Turbo)

Nos últimos dez anos com o aumento do número de coleccionadores de clássicos o seu valor subiu e é difícil comprar um cá em Portugal. Assim em números redondos, poderá comprar-se um mau estado por 2000/3000 Euros e gastar 5.000 no Restauro. Nas revistas vem cotado por 10.000 Euros (em boas condições).

Se tivesse condições para ter um clássico, havia muitos na lista, antes do boca-se-sapo. Mas acho bonito um carro para os noivos no dia do casório.

A vida é feita de momentos. Numa conversa que tive há dias, meti os pés, disse que este carro se chamava mesmo boca-de-sapo. Não chama mas é como se chamasse.

De que carro é que eu estive a falar?

Tags:

publicado às 22:04



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D